Home / News / Xiii, entorse de tornozelo?
Xiii, entorse de tornozelo?

Xiii, entorse de tornozelo?

Cuidado, você pode até não dar o devido valor por ser frequente, mas a entorse do tornozelo pode deixar sequelas para toda a vida se não for tratada corretamente. Apenas para conhecimento a entorse do tornozelo é a lesão mais comum que ocorre durante as atividades esportivas ou nas atividades do dia a dia.


Mas afinal o que é entorse do tornozelo?

A entorse do tornozelo nada mais é que uma inversão excessiva do pé de forma traumática, ou seja, é quando o pé por alguma razão vira bruscamente, causando um estiramento ou uma ruptura parcial/total de ligamentos no tornozelo.


Quais as possíveis causas do entorse do tornozelo?

  • Ligamentos frouxos
  • Músculos fracos
  • Lesões anteriores
  • Pisos irregulares: um degrau inesperado, um desnível no piso, um buraco
  • Calçado inapropriado: salto excessivamente alto
  • Altos impactos
  • Pisada supinada causa maior sobrecarga na parte externa, fazendo com que o pé realize um movimento exagerado “para fora”
  • Pisada pronada causa maior pressão na parte interna fazendo com que o pé realize um movimento exagerado “para dentro”
  • Movimentos de rotação bruscos

Todas as descrições acima podem causar a perda de equilíbrio causando a entorse do tornozelo tanto para dentro quanto para fora.

Outro ponto importante é sobre lesões anteriores: se a lesão não é tratada de forma correta, ou seja, sem avaliação médica, sem a ajuda de um fisioterapeuta, sem o tratamento adequado essa lesão pode evoluir para um quadro crônico funcionando como um gatilho para possíveis novas torções na mesma região podendo até levar a ruptura total dos ligamentos.

Como são classificados os tipos de entorse?

Entorse em inversão: o pé vira para fora causando dor ao longo do lado externo do tornozelo.

Entorse em eversão: o pé vira para dentro causando dor ao longo do lado interno e pode representar uma lesão mais grave para os tendões e ligamentos.

Entorse em rotação: o tornozelo vira para fora ou para dentro, porém, com maior amplitude afetando os movimentos de adução e abdução





Graus de entorse

A gravidade da entorse de tornozelo varia de acordo com o comprometimento das estruturas presentes na região afetada e pode ser dividida em três níveis:

Grau I – leve (distensão) – ligeiro estiramento dos ligamentos, com formação de edema e presença de dor;

Grau II – moderado – ruptura parcial dos ligamentos e instabilidade da articulação, com presença de edema e rigidez na movimentação. Dor de intensidade moderada.

Grau III – grave – ruptura total dos ligamentos e muita instabilidade no pé, com grande dificuldade para manter-se em pé e dor intensa.
 
Sintomas

Alguns sintomas podem ser observados após a entorse de tornozelo, como por exemplo: 

  • Edema e Hematoma;
  • Vermelhidão e aumento da temperatura local;
  • Dor de intensidade variada, dependendo do grau da lesão;
  • Sensibilidade ao toque;
  • Dificuldade em ficar de pé ou andar

Cuidados pós lesão

Depois de detectada a lesão o paciente deve tomar os seguintes cuidados:

  • Deixar a perna elevada para diminuir o inchaço da região
  • Aplicar gelo a cada 3 horas durante 20 minutos
  • Evitar carga no tornozelo quando houver muita instabilidade
  • Fazer fisioterapia com indicação e acompanhamento de profissionais da área
  • Fazer uso de órteses que auxiliem na estabilização, proteção e recuperação

Como prevenir a entorse do tornozelo?

Embora as entorses façam parte da vida, há algumas formas de prevenção:

  • Realizar sempre aquecimento antes da prática desportiva
  • Ter sempre muita atenção com pisos irregulares (buracos, desníveis, etc);
  • Usar calçado estável e confortável;
  • Evitar mudanças bruscas de posição e direção;
  • Desenvolver a musculatura com atividade física regular,
  • Fazer o uso de órteses de estabilização caso sinta insegurança ao realizar algum movimento.

A Bauerfeind disponibiliza alguns produtos que podem auxiliar na prevenção e recuperação do entorse de tornozelo, são eles:

  • MalleoLoc: é indicada para entorses graves, ruptura total do ligamento lateral, lesões recentes, reabilitação, instabilidade e grave instabilidade ligamentar. A MalleoLoc estabiliza o tornozelo e elimina a torção lateral. A órtese é ajustável e se encaixa anatomicamente desde a planta do pé até a porção superior da articulação e, o sistema de straps diferenciado mantém o tornozelo estável. 
  • MalleoTrain S: é indicada para entorses do tornozelo, inchaços e ruptura ligamentar. A MalleoTrain® S estabiliza o tornozelo sem restringir movimento. Ideal para usar durante o esporte, ela se encaixa na sua rotina de treinos e previne contra lesões futuras.
  • MalleoTrain: é indicada para entorses de tornozelo, instabilidades médias, artrite e dores no tornozelo. A MalleoTrain® aumenta a estabilidade e dá força ao seu tornozelo. , proporciona a compressão medica sem machucar e estabiliza o tornozelo e seus ligamentos, melhorando também a circulação.

  • Palmilhas Weightflex® 2: é indicada para pés chatos, calçado desconfortável e correção da pisada. A Palmilha Weightflex® 2 tem propriedades de amortecimento eficaz, apesar de sua altura de construção reduzida e, almofadas nas áreas sensíveis do pé. Pequenos pontos sensores na superfície estimulam suavemente a musculatura estabilizando o retro pé e suportando o arco transversal.


Bauerfeind Brasil