Home / News / Lesão do ligamento cruzado anterior ou LCA, já ouviu falar?
Lesão do ligamento cruzado anterior ou LCA, já ouviu falar?

Lesão do ligamento cruzado anterior ou LCA, já ouviu falar?

Se você está lendo este post é porque, muito provavelmente, em algum momento da sua vida já ouviu falar ou apresentou alguma lesão em seu ligamento cruzado anterior.

Saiba que as lesões do LCA estão entre as lesões mais comuns que ocorrem no joelho e, a cada ano no Brasil, surgem mais de cento e cinquenta mil novos casos. Surpreso com esta informação? Não fique, porque embora a maior parte destas lesões estejam relacionadas às atividades desportivas, especificamente aos esportes de contato, cerca de 75% ocorrem sem qualquer contato direto com outro jogador. Ah! E as mulheres que praticam esportes de contato sofrem com esse tipo de lesão com uma frequência sete vezes superior à dos homens que praticam os mesmos esportes.

Mas afinal o que é LCA?

LCA é a abreviação de ligamento cruzado anterior, ou seja, uma tira resistente de tecido fibroso que tem como função ligar ossos. O LCA é um dos quatro principais ligamentos internos do joelho e trabalha em conjunto com o LCP (ligamento cruzado posterior) ligando o osso da coxa (fêmur) e o osso maior da perna (tíbia).

 

Formato em “X”

O formato curioso em “X” permite estabilizar a articulação do joelho em relação às forças exercidas de frente para trás e de trás para a frente, evitando que a tíbia (osso da perna) se desloque adiante em relação ao fêmur (osso da coxa).

Como ocorre a lesão do LCA?

A lesão do LCA ocorre na maioria das vezes em virtude de uma torção do joelho, comumente, o paciente ouve um estalo no momento da entorse, que vem seguido de forte dor incapacitante, ou em alguns casos devido a lesões por hiperextensão desta articulação.

Quem corre o risco de se lesionar?

Principalmente os indivíduos que praticam esportes, de forma recreacional ou profissional, que contenham movimentos de rotação ou deslocamentos laterais como futebol, volei, basquete, tênis, ski, lutas (judô, Jiu Jitsu, etc) entre outros. 

Sintomas:

  • Sintomas agudos: Dor, inchaço e derrame articular (aumento do volume de líquido no joelho). Com o passar do tempo, as dores e inchaço diminuem e em alguns casos desaparecem completamente em poucos dias, em outros os sintomas e sinais persistem por mais tempo
  • Sintomas crônicos: O principal sintoma crônico da lesão do LCA é a instabilidade do joelho (sensação de falseios). Nem todos os pacientes desenvolvem a instabilidade, mas quando presente representa um risco maior para o desenvolvimento de lesões em outras estruturas do joelho e para um desenvolvimento precoce de artrose.

Classificação das lesões:

Na maioria dos casos as lesões do ligamento cruzado anterior são graves, de grau III.

  • Grau I — Lesão leve que causa apenas rupturas microscópicas. Ela não afeta a capacidade global da articulação do joelho que continua suportando o peso do indivíduo.
  • Grau II — Lesão moderada com ruptura parcial do ligamento. O joelho apresenta-se instável e pode falsear periodicamente durante a marcha.
  • Grau III — Lesão grave com uma ruptura total do ligamento, deixando o joelho totalmente instável.

Prevenção:

Algumas dicas para ajudar a prevenir as lesões do joelho relacionadas com esporte, podem ser seguidas:

  • Fazer aquecimento e alongamentos antes de participar de atividades desportivas;
  • Fortalecer os músculos que rodeiam o joelho através de um programa de condicionamento físico dirigido para cada individuo;
  • Evitar aumento rápido na intensidade do programa de treino.
  • Usar calçados confortáveis que proporcionem um bom apoio e se adaptem bem aos pés e ao esporte que pratica;
  • Se jogar futebol, deve informar-se com o especialista em medicina desportiva ou o treinador sobre o tipo específico de travas nas chuteiras. Isso pode ajudar a reduzir o risco de lesões no joelho.
  • Faça o uso de órteses que ajudem a estabilizar o joelho durante a prática esportiva

A Bauerfeind disponibiliza alguns produtos que podem auxiliar na prevenção e recuperação do entorse de joelho, são eles:

  • GenuTrain S, fornece suporte seguro e diferenciado para o joelho, graças à combinação de hastes larerais, um sistema de alça ajustável e almofada resistente para inserir a patela, mantendo a área estável e confortável. O joelho é estabilizado e a mobilidade não é afetada.
  • GenuTrain S Pro, é indicada para casos pós cirúrgicos em que há necessidade de limitação dos movimentos do joelho na flexão ou na extensão. Trata-de de uma órtese idêntica à GenuTrain S, porém com o recurso da limitação a mais.
  • SofTec Genu, é o que existe de mais avançado no tratamento de joelhos com múltiplas lesões ligamentares. A órtese conta com hastes em titânio e diversos recursos que permitem que uma pessoa com ligamentos rompidos caminhe normalmente e até possa praticar esportes. Esta órtese também conta com travamento de extensão e flexão em intervalos de 5 graus. Também pode ser usada no pós cirúrgico.

  

 



Bauerfeind Brasil