Início / News / Espasmo muscular na coluna
Espasmo na musculatura estabilizadora da coluna, lesão do lateral esquerdo Marcelo

Espasmo muscular na coluna

ou mau jeito da coluna, ou lombalgia, ou a lesão que tirou o lateral esquerdo Marcelo de dois jogos do Brasil

Você pode até não saber mas a lombalgia da coluna é um tipo de lesão muito comum que ocorre na parte inferior da coluna e que atinge 80% da população mundial segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Mas afinal o que é espasmo na musculatura estabilizadora da coluna?

Espasmo na musculatura estabilizadora da coluna, ou mau jeito da coluna, é uma contração involuntária, de um ou vários músculos, e que normalmente acarretam dor.        

Como ocorre o espasmo na musculatura?

Citando o exemplo do jogador Marcelo, imagine que uma pessoa lança a bola e você corre para alcançá-la… No momento em que a bola é lançada seu cérebro recebe esta informação e manda uma mensagem para os músculos do CORE que precisa pegar a bola e, ao mesmo tempo precisa proteger toda sua musculatura e mais um detalhe: você ainda nem se mexeu! O seu CORE está apto a proteger seus músculos, só que qualquer desequilíbrio pode acarretar uma ineficiência desses músculos levando a desordens funcionais, lesões, atrofias, dores, etc. Em resumo após algum movimento o músculo se contrai involuntariamente em consequência de um estímulo nocivo, como exemplo um movimento brusco da coluna, resultando no travamento da coluna.

Sintomas

A lombalgia é caracteriza por uma dor na parte mais baixa das costas, perto da bacia, e que pode se estender para a região das nádegas e região posterior (atrás) das coxas. Quando não tratada acarreta perda de flexibilidade, espasmos musculares e limitação funcional, além de ser muito prejudicial à qualidade de vida.

Qual a causa?

Para os não esportistas:

  • Má postura no ambiente de trabalho ou tarefas domésticas,
  • Sedentarismo,
  • Execução errada de exercícios,
  • Rotação repentina da coluna,
  • Fraqueza do quadril,

Para os esportistas:

  • Altos impactos
  • Excesso de esforço
  • Exigência de alta flexibilidade
  • Traumas diretos ou de repetição

Desequilíbrio. No centro do corpo temos um grupamento muscular importantíssimo conhecido como CORE, constituído por 29 pares de músculos que formam uma cinta de fibras musculares com função estabilizadora e postural. Ele absorve e transmite toda energia para o movimento dos braços, das pernas e do corpo em si. Quando está integrado e equilibrado o corpo se move de forma adequada, porém quando está em desequilíbrio pode provocar as lesões.

lombalgia, músculos CORE, espasmo na musculatura estabilizadora da coluna

Como prevenir

Mudanças no estilo de vida são indispensáveis para evitar o surgimento da lombalgia. Dentre as orientações, podemos destacar:

  • Praticar atividades físicas sob orientação profissional para, sobretudo, fortalecer a musculatura de sustentação da coluna, o CORE;
  • Adotar uma dieta saudável para controlar o peso corporal e prevenir que a coluna sofra com as sobrecargas;
  • Não carregar excesso de peso no dia-a-dia ou no trabalho;
  • Praticar exercícios de alongamento;
  • Manter uma postura adequada em todas as situações;
  • Faça uso de órteses que estabilizem a região lombar.

A LumboTrain, é uma órtese estabilizadora que ajuda a reduzir as dores na coluna e melhora a mobilidade. O pad confortável na órtese promove massagem constante conforme a movimentação, fazendo com que esse estímulo diminua a dor e reduza a tensão muscular. É indicada para:

  • Lombalgia,
  • Má postura
  • Hérnia de disco
  • Fraqueza muscular
  • Degeneração lombar

LumboTrain, cinta para dores lombares

Aumente sua confiança e continue no seu ritmo! Ande, sente, levante e corra com a LumboTrain.