Dores na canela durante a corrida? Saiba o que pode ser!

Você que tem o hábito de correr ou é um atleta profissional, já deve ter sentido pelo menos uma vez dores na canela. Mas você sabe por que isso acontece?


Ao contrário do que você possa pensar, as dores na canela são muito comuns e podem afetar tanto as pessoas que correm eventualmente quanto os atletas mais experientes. Você está lá correndo, tentando aumentar o seu percurso e a frequência com que se exercita, e de repente aparecem dores na canela. Uma dor incômoda, que a princípio pode até passar logo depois do treino, mas que com o decorrer do tempo pode evoluir para uma dor que inclusive impeça você de correr.

 

O que podem ser as dores na canela?

As dores na canela podem surgir quando há inflamação da membrana que envolve o osso (tíbia), ou dos tendões e músculos adjacentes.

 

Dores na canela durante a corrida? Saiba o que pode ser!



A dor é de origem muscular, quando ocorre uma inflamação ou irritação do músculo anterior tibial e nos tecidos da parte anterior da perna. Isso pode ocorrer devido ao enfraquecimento desses músculos.

E é de origem óssea quando ocorre a inflamação da membrana (periósteo) que reveste o osso da canela. Isso pode ocasionar dores tanto no momento da corrida quanto em atividades corriqueiras como subir e descer escadas ou até mesmo ao caminhar.

De forma branda, o incômodo principal aparece nessas dores que podem pouco a pouco começar a atrapalhar o seu dia a dia, nos casos mais agudos, há o risco de fraturas por estresse na tíbia.

Essa lesão, chamada de síndrome do estresse medial tibial, é chamada popularmente de Canelite.


Principais causas das dores na canela

Há várias causas possíveis para o aparecimento dessas dores, vamos listar as principais e perceba que, em alguma medida, adotando os cuidados necessários você pode até evitar o seu aparecimento:

• Treinos: a intensidade e a duração dos treinos que você realiza podem sobrecarregar seus músculos e ossos e por consequência trazer essas dores na canela. O piso em que você corre também afeta muito a saúde do seu corpo. Evite correr por períodos prolongados no asfalto, concreto ou pisos irregulares.

• Regularidade: quando você corre com mais frequência do que seu organismo está preparado as dores podem surgir. Inicie seus exercícios gradualmente, descanse e alterne os dias de treino até chegar ao mais adequado para você.

• Excesso de peso: Quando você está acima do peso, toda sobrecarga recai sobre os membros da parte inferior, aumentando muito o impacto dos exercícios.

• Aquecimento e alongamento: não inicie uma corrida sem antes fazer alguns alongamentos e exercícios que aquecem os seus músculos deixando-os preparados para o esforço extra que virá.

• Calçados: a escolha dos calçado que você vai utilizar pode diminuir e muito as dores na canela. Com o calçado adequado ao seu peso e ao impacto do exercício que você quer fazer, as chances de desenvolver a lesão diminuem bastante.

• Pisada: se você ainda não fez, é recomendado que você faça um teste de pisada para diagnosticar se você precisa de correção na sua passada, ocasionando má distribuição de peso e impacto. Com o calçado adequado e o uso de palmilhas ortopédicas feitas sob medida esse problema pode ser facilmente solucionado.



Principais sintomas

O sintoma mais aparente e que causa muito incômodo é a dor localizada na região da canela. Essa dor pode começar de forma sutil, tanto durante quanto logo após a prática da corrida. Mas com o tempo pode se tornar constante e até mesmo atrapalhar as suas atividades do dia a dia, tornando-se uma dor persistente e bastante incômoda.

É possível também, que apareçam sinais de inchaço e vermelhidão, na região afetada, impedindo que você pise o chão. Portanto fique atento aos sinais de dor e modificações visuais na área das suas canelas.


Diagnósticos das dores na canela

Como a maioria das lesões corporais, a canelite também pode aparecer em mais de uma forma ou fase, que aqui chamaremos de subaguda e aguda:

SUBAGUDA: Nesta fase as dores são mais amenas, e adotando medidas mais simples de tratamento a tendência é que essas dores melhorem até serem curadas. Se for esse o caso, o atleta não precisa necessariamente cessar as suas atividades, porém convém diminuir e readequar o ritmo e a intensidade dos treinos.

AGUDA: Nesta fase, a dor é incapacitante, e é necessário um tratamento mais intenso para que o agravamento da lesão seja evitado, lembre-se que podem ocorrer até mesmo fraturas na tíbia por estresse do osso. E nesse caso as atividades devem ser suspensas até o tratamento ser finalizado.

Em ambos os casos, recomenda-se que assim que você sinta os primeiros sinais de dor ou alteração, você procure um profissional para avaliar a extensão da lesão, diminua a atividade física, faça mais horas de repouso e espace suas atividades.

 

Tratamentos

O tipo de tratamento adotado só pode ser definido depois que um especialista avaliar o seu caso, visto que o diagnóstico é sempre individual. É preciso entender qual é a associação de fatores que está causando essa lesão, como por exemplo: seu peso associado ao uso de calçado inadequado, ou o ritmo e frequência mais intensos que sua musculatura suporta.

No entanto há algumas medidas, que independente da gravidade e intensidade das dores na canela, você pode adotar como forma de prevenção e também como parte do tratamento em si.

As recomendações gerais são que você faça bastante repouso, evitando as atividades que ativem essa área do seu corpo. Os exercícios podem fazer parte da sua rotina, mas de forma mais amena e adequada, porém há casos que a prática necessita ser interrompida temporariamente.

A Fisioterapia também é recomendada, exercícios orientados por um profissional podem diminuir o inchaço, as dores e colaborar para sua recuperação. Manter o pés elevados também pode ser de grande auxílio, já que eles proporcionam um aumento do fluxo sanguíneo, reduzindo a inflamação.

Existem alguns produtos auxiliares que podem prevenir e tratar as dores nas canelas:

• Palmilhas Ortopédicas Sob Medida - Corrigem sua pisada, alinhando a distribuição do peso e do impacto dos seus movimentos.

Pernito de Compressão - Estimula a circulação, devido a compressão, aumenta a resistência muscular, acelera a recuperação, reduz o cansaço
e as vibrações musculares.



 

FONTES

Não aguenta mais a Canelite? Leia este artigo!
Dor na Canela, Elimine as Dores com Palmilhas Sob Medida
Dor na canela ao correr: principais causas, o que fazer e como evitar
Dor na canela é lesão comum na corrida; entenda as causas e como evitar
Fernando Guerreiro - Dor na canela ao correr? Descubra o que é e como evitar o problema

 

Voltar para o blog