Diabetes: Saiba o que é e as principais consequências

O dia 14 Novembro é dia Mundial do Combate ao Diabetes. Durante o Novembro Azul, são efetuadas ações de prevenção e conscientização sobre o Diabetes, e a Bauerfeind também quer deixar a sua contribuição.

O Diabetes é uma patologia que se apresenta de forma silenciosa, muitas vezes até imperceptível, mas que ao longo dos anos, pode causar danos importantes e até mesmo irreversíveis na sua saúde. Por este motivo o acesso à informação e a prevenção são as medidas mais eficazes para combater essa doença.


Entendendo o Diabetes

O Diabete Mellitus é uma doença que se caracteriza pelo aumento da glicose no sangue. Isso ocorre devido a uma falha na secreção ou na ação da insulina em nosso organismo. A insulina é responsável por quebrar as moléculas de glicose e transformá-las em energia, para que ocorra a manutenção correta das células do organismo.

Esse hormônio é produzido no pâncreas, e quando ocorre algum tipo e falha nesse processo e a produção de insulina é insuficiente, o resultado é o acúmulo de glicose no sangue, a chamada hiperglicemia.
Há dóis tipos de diabetes:

• Tipo 1 - O Diabetes Tipo 1 geralmente acomete crianças e adultos jovens, e é ocasionado por um processo imunológico em que o nosso próprio corpo ataca as células pancreáticas levando à deficiência de insulina.

• Tipo 2 - O Diabetes Tipo 2 é a forma mais comum (estima-se que 90% dos casos). Nesse tipo existe a produção de insulina pelas células pancreáticas, mas a produção é ineficiente e insuficiente para manter a glicose em níveis normais. Geralmente está associada ao aumento de peso e obesidade, e é mais comum o aparecimento em adultos a partir dos 50 anos.

Existe ainda outros tipos de diabetes que decorrem de falhas genéticas específicas, e o diabetes gestacional, desenvolvido o durante o período da gravidez, podendo esse tipo ser transitório, ou não.

Entre as causas para o aparecimento do Diabetes, especialmente o Tipo 2, estão:

• Sedentarismo;
• Tabagismo;
• Sobrepeso;
• Triglicerídeos elevados;
• Hipertensão;
• Hábitos alimentares inadequados, e
• Fatores genéticos.



Principais sintomas e consequências do Diabetes

O Diabetes pode ser assintomático, mas alguns fatores podem ser observados e caso você note alguma dessas mudanças, é conveniente que faça uma investigação acerca dos níveis de glicose no sangue.

Fique atento a sinais como sede, diurese e fome excessivas, emagrecimento importante, cansaço e fraqueza.

As consequências podem ser muitas, e vão desde as mais comuns como danos na visão, dificuldades na cicatrização, complicações nos rins e coração, até as menos óbvias como problemas circulatórios e complicações ósseas.

 


Diabetes: problemas circulatórios e ósseos

O sistema circulatório pode ser diretamente afetado em decorrência do diabetes mal controlado. O paciente com diabetes possui uma predisposição para formar placas de aterosclerose nas paredes dos vasos sanguíneos. Em consequência disso problemas como infarto, AVC e oclusões das artérias podem surgir.

Sintomas como dores e dormência nas extremidades são relatados, por esse motivo é imprescindível a atenção especial aos seus pés.

Quanto a problemas ósseos, a princípio você pode se perguntar como o diabetes pode refletir nessas estruturas, mas tudo fica mais claro à medida que compreendemos que o diabetes pode estar associado à osteopenia e à osteoporose.

No Diabetes Tipo 1 existe a deficiência completa de insulina, isso reflete diretamente nos processos de crescimento, já que é uma doença que está presente na infância. Em ambos os tipos, o diabetes afeta a densidade óssea, podendo causar o aparecimento precoce de osteopenia e osteoporose em pacientes mais jovens, e aumentando o risco de fraturas para os portadores em geral.

A prevenção e o controle periódico dos níveis de glicose no sangue, são ações de vital importância para que você possa manter as taxas de glicose em equilíbrio. O Diabetes é uma doença que pode ser controlada, há medicamentos eficazes disponíveis para auxiliar no tratamento quando necessário, mas adotar hábitos de vida saudáveis é essencial.

Considere também a utilização de Meias de Compressão Médica, que podem ser aliadas à prevenção e ao tratamento das dores causadas pela diabetes e problemas circulatórios, já que elas amenizam a sensação de pernas cansadas e doloridas, estimulam a circulação do sangue e reduzem o inchaço. Seu médico especialista é quem deve determinar o grau de compressão das meias para que o resultado do tratamento seja eficaz. 


Não deixe de fazer exames preventivos, e ao menor sinal de sintomas procure o seu médico.





FONTES 

 

Voltar para o blog