Como prevenir lesões nas artes marciais

  • Jul, 19 , 20
  • Bauerfeind Brasil

Prevenir lesões nas artes marciais não é coisa fácil, mas sempre há um caminho a seguir.

 

As artes marciais têm sido, cada vez mais, uma escolha frequente quando alguém resolve iniciar a prática de atividades físicas. Opções não faltam, como jiu-jítsu, judô, boxe, muay thai entre outras. São esportes bem democráticos, praticados tanto por quem deseja se aprimorar e competir, como por pessoas que buscam melhorar o condicionamento físico e a defesa pessoal.

 

Você realmente está preparado para correr riscos e prevenir lesões enquanto pratica artes marciais?

As lutas são esportes de contato físico, umas mais, outras menos, mas todas com seu grau de risco de lesões.

Além disso, são atividades que exigem bastante do corpo, principalmente se praticadas competitivamente. O treinamento é intenso e desgastante para musculatura e articulações.

 

Você sabia que as articulações sofrem muito nas artes marciais?

Estudos demonstram que 64% dos praticantes de artes marciais já apresentaram pelo menos uma lesão ao longo de sua jornada esportiva, isso porque muitos dos golpes exigem amplitude de movimento, flexibilidade e elasticidade das articulações, movimentos de rotação, sustentação, carga excessiva e muito mais. Caminho fácil para ocorrer uma lesão, não é mesmo?

 

As articulações que mais sofrem com lesões nas artes marciais são:

Joelhos

Lesões mais recorrentes: ligamento cruzado anterior, posterior e patela, além de entorses de graus variados

Ombros

Lesões mais recorrentes: luxações, distensão muscular, tendinite do manguito rotador, síndrome do impacto e bursite

Cotovelos

Lesões mais recorrentes: epicondilite medial, epicondilite lateral, luxações e bursite

Coluna

Lesões mais recorrentes: hérnia de disco, lombalgia, fratura e/ou luxações de ossos do quadril

Punho e mãos

Lesões mais recorrentes: fraturas dos ossos do carpo, fratura do colo do quinto metacarpo, situado na junta entre a palma da mão e o quinto dedo (fratura do boxeador), lesões ligamentares do carpo, microfraturas calcificadas das cabeças dos ossos metacarpais (calejamento do punho), artroses

Tornozelos

Lesões mais recorrentes: entorse de tornozelo, ruptura parcial ou total dos ligamentos e tendionopatias por overuse

 

Reduza o risco de lesões e siga nossas dicas

Tenha consciência que seu corpo não é uma máquina. Reduza o risco de lesões e garanta a integridade física tomando alguns cuidados específicos praticando artes marciais, e lute sem dor.

- Aqueça a musculatura sempre antes do treino

- Faça exercícios de alongamento sempre que possível para melhorar a flexibilidade

- Atenção às técnicas demonstradas por seu professor

- Conheça bem os limites do seu corpo e saiba quando é hora de parar

 

Mesmo com todos os cuidados, lesões são comuns na prática destes esportes. Pensando nisso, a Bauerfeind, líder mundial na fabricação de equipamentos ortopédicos, desenvolveu uma linha de produtos específica para o uso esportivo. São produtos que oferecem o máximo de alívio da dor, conforto e agilidade, fatores que potencializam a performance dos atletas.

 

 

 

Refs:

https://bjjfanatics.com.br/blogs/news/como-devemos-lidar-com-as-lesoes-no-jiu-jitsu

https://vita.org.br/lesao-do-pugilista-voce-sabe-o-que-e-e-por-que-acontece/ 

POSTAR UM COMENTÁRIO